Margarida Marques

 

Margarida Marques nasceu em Barcelos. Licenciou-se em ensino de Português e Inglês, na Universidade do Minho, em 1994, tendo optado pelo grupo 330 para prossecução da sua carreira profissional, e em 2013 concluiu a licenciatura em Inglês-Espanhol no Instituto Politécnico de Bragança. Lecionou em várias escolas do litoral e há dezassete anos passou a desenvolver o seu trabalho no Agrupamento de Escolas Miguel Torga, sendo atualmente a Coordenadora Erasmus+ do Agrupamento.

 

Sempre se interessou pela internacionalização da atividade profissional, tendo desde 1999 frequentado vários cursos de formação em diversas cidades do Reino Unido, na República da Irlanda, na Noruega, na Islândia e em Malta. No ano de 2000, iniciou a sua participação em projetos internacionais, com uma escola da Finlândia. Também tem vindo a participar em projetos de eTwinning e tem organizado visitas de estudo ao Reino Unido.

 

Em 2011 e 2012, e no âmbito do Programa Aprendizagem ao Longo da Vida, financiado pela Comunidade Europeia, participou em 2 Visitas Preparatórias, na Hungria e em Espanha, para elaboração de 2 projetos Comenius Parcerias Multilaterais European Youth (2012-2014) e DROPS (2013-2015) que foram desenvolvidos no Agrupamento. Desde 2014 coordena projetos Erasmus+ Ação Chave 2, SER - Super European Reader (2014-2016), Think Smart - Act Green (2015-2017), GEM - Gifted European Mathematician (2017-2019), CLIL – Threads and Trends in the Solar System Labyrinth (2018 -2020) e IDEAL – Innovating by doing experiments about Leonardo (2018-2020), e Ação Chave 1 TESS – Training in Europe for a Successful School (2015-2017) e Innovating in a XXI Century School (2017-2019)

 

Até à data, além da formação a nível internacional, participou, individualmente ou acompanhada por alunos, em inúmeros encontros e reuniões internacionais que decorreram em vários países um pouco por toda a Europa, e em Missões de Ensino de uma semana na Hungria, na República Checa e em Itália. Acompanha professores vindos de outros países europeus em Missão de Ensino ou Job Shadowing e alunos estagiários do programa Erasmus+.

 

 

É formadora certificada e tem vindo a dar formação creditada na área do Inglês aos colegas do Agrupamento com o objetivo de implementar o programa de Ensino Bilingue e para expandir o número de professores capazes de comunicar numa língua estrangeira.

 

 

APRESENTAÇÃO   

 

Resumo da comunicação

"Gifted European Mathematician"

 

A ideia do projeto Gifted European Mathematician surge da constatação de que inovar na prática educativa e mobilizar competências chave numa geração dita “digital native” é um processo complexo, que requer esforço e alianças entre professores do espaço europeu que partilham das mesmas dificuldades, tendo por base o princípio de que um trabalho colaborativo leva ao desenvolvimento de novas estratégias e ferramentas que resolvam problemas educacionais comuns.

Desse modo, tendo em consideração os resultados do PISA, as dificuldades diagnosticadas ao nível das competências básicas, a ligação existente entre o fraco desempenho matemático e o fraco desempenho linguístico, a necessidade de motivar os alunos para o estudo da matemática e para o domínio de vocabulário cientifico em inglês e a escassez de ferramentas inovadoras, este projeto concentrou-se na criação de uma plataforma de estudo autónomo - desenvolvida por equipas de professores de matemática e de inglês de vários países europeus e por uma empresa de desenvolvimento de software - na qual constam conteúdos teóricos, exercícios com vários níveis de dificuldade, testes finais, um glossário em inglês e um jogo interativo com resolução de problemas matemáticos. Alguns dos conteúdos já foram testados com os alunos dos vários países envolvidos e os resultados são bastante animadores.